Cidade de Vassouras

1

Coleção Primavera/Verão - 2009 - Gelsomina - Siena - Itália


.......

150

150

terça-feira, 30 de outubro de 2012


'É preciso viver apaixonadamente, em qualquer situação, indistintamente. 
Seja lá o que for que você faça, empregue toda tua energia e todo teu espírito nesta tarefa. 
Acredite, se fizeres assim, sentirás prazer até em lavar pratos ou em varr
er a calçada, por quê há vida e beleza em tudo, e cada momento é importante, principalmente este que você nem percebe passar e, por favor, largue estes pratos e esta vassoura: há música no ar! 
Cante, ainda que desafinado, e dance, mesmo sem saber dançar.

Chore todas as lágrimas que tiver e ria até não mais poder.

Ame, perdoe, sinta raiva, chute o balde, faça aquilo que você verdadeiramente tem vontade de fazer. 

Não é convencional? É arriscado? O que as pessoas irão pensar? Afinal, o que você pretende?

E eu quero o melhor do meu trabalho, o melhor da minha família, o melhor da minha vida.

Se você também quer isso, envolva-se de mágica, deixe fluir a energia que existe em você. 

O universo inteiro está latente dentro de ti e tudo que você precisa fazer é deixar-se explodir.

E quantas coisas surgirão, quanto a fazer, quanto a conhecer. Vá, não olhe pra trás. 

Não pense em nada, apenas confie em você. 

Você marchará rumo ao infinito e o que você viverá poderá ser bom ou ruim, nunca se sabe, mas sempre será enriquecedor, não duvide disto. 

E nunca, nunca se deixe vencer pelo medo, siga em frente.

Ninguém conquista um sonho sem perseguí-lo, ninguém anda uma milha sem dar o primeiro passo.

Se ao fim da estrada alguma sombra de arrependimento te atacar, ainda assim levante a cabeça, orgulhe-se por ter tentado, por ter buscado, por ter empregado todas as tuas forças até o último instante. 

Tanto pior e sempre pior é arrepender-se daquilo que você não fez.'



Augusto Branco

Nenhum comentário: