Cidade de Vassouras

1

Coleção Primavera/Verão - 2009 - Gelsomina - Siena - Itália


.......

150

150

quinta-feira, 31 de maio de 2012


quarta-feira, 30 de maio de 2012

Noite de Saudade

A Noite vem poisando devagar
Sobre a Terra, que inunda de amargura...
E nem sequer a bênção do luar
A quis tornar divinamente pura...

Ninguém vem atrás dela a acompanhar
A sua dor que é cheia de tortura...
E eu oiço a Noite imensa soluçar!
E eu oiço soluçar a Noite escura!

Por que és assim tão ’scura, assim tão triste?!
É que, talvez, ó Noite, em ti existe
Uma Saudade igual à que eu contenho!

Saudade que eu sei donde me vem...
Talvez de ti, ó Noite!... Ou de ninguém!...
Que eu nunca sei quem sou, nem o que tenho!

Florbela Espanca

terça-feira, 29 de maio de 2012


segunda-feira, 28 de maio de 2012

Eu
Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada… a dolorida…

.
Sombra de névoa ténue e esvaecida,
E que o destino, amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida! 

.
Sou aquela que passa e ninguém vê…
Sou a que chamam triste sem o ser…
Sou a que chora sem saber porquê…
Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
.
Alguém que veio ao mundo pra me ver
E que nunca na vida me encontrou!
Florbela Espanca - Livro de Mágoas
Beijos
Fatinha

"Felicidade é compreender que recebemos
essa existência para aprender e não para exigir.
A nossa evolução depende das atitudes que tomamos
diante de cada acontecimento.
A garra em nos ajustarmos às leis da vida
permite que alcancemos a transformação
que nos conduza à felicidade.
Ela está no próprio caminho e não na chegada,
pois ela é dinâmica não estática.
Felicidade é um estado de espírito,
independe de coisas materiais e de outras pessoas.
Está na tua cabeça e nada nem ninguém
te pode privar dela, apenas tu mesmo!"

Portanto, mãos à obra...
À obra de viver para fazer dos momentos a eternidade,
amando e respeitando...
Um dia de cada vez.

quinta-feira, 24 de maio de 2012



segunda-feira, 21 de maio de 2012


LINDA LIÇÃO DE MORAL!

Uma academia colocou um outdoor em São Paulo que dizia o seguinte: Neste verão, qual você vai ser? Sereia ou Baleia?

Uma mulher enviou a eles a sua resposta e distribuiu o seguinte email.

"Ontem vi um outdoor com a foto de uma moça escultural de biquini e a frase: Neste verão, qual você vai ser? Sereia ou Baleia?
Respondo:
Baleias estão sempre cercadas de amigos. Baleias tem vida sexual ativa, engravidam e tem filhotinhos lindos. Baleias amamentam. Baleias andam por ai cortando os mares e conhecendo lugares legais como a Antártida e os recifes de coral da Polinésia.
Baleias tem amigos golfinhos. Baleias comem camarão à beça. Baleias esguicham água e brincam mto. Baleias cantam mto bem. Baleias são enormes e quase não tem predadores naturais.
Baleias são bem resolvidas, lindas e amadas.
Sereias não existem...
Se existissem viveriam em crise existencial: Sou um peixe ou um ser humano? Não tem filhos, pois matam os homens q se encantam com sua beleza.
São lindas, mas tristes, e sempre solitárias...
Querida academia, prefiro ser baleia!"

(A referida academia retirou o outdoor na mesma semana!)

Muitas vezes o ser humano se importa tanto com o exterior de uma pessoa (criticando a gordura), a posse de bens materiais, e esqueçe que o mais importante é o interior, os sentimentos daquela pessoa... Vamos valorizar mais o que somos, e não o que os outros visualizam, cada um sabe como quer estar ou fazer de si... E só assim seremos felizes.
(Texto: tirei da internet)
Beijos
Fatinha

domingo, 20 de maio de 2012

Beijos
Fatinha

sexta-feira, 18 de maio de 2012


terça-feira, 15 de maio de 2012


"A vida é cheia de armadilhas
se você der mole você se ferra."


  Quando tempo vai demorar pra 
você perceber que sou eu quem te ama?

quarta-feira, 9 de maio de 2012

13 de Maio
Dia das Mães
Ser filha
É ter um anjo da guarda ao seu lado,
na carne, sempre presente, sempre vigilante.
É ter um colo para se acolher, em dias de invernia emocional. Um ombro para chorar todas as dores da alma.
É poder dispor de dois braços ternos para abraços sempre preciosos, oportunos e estimuladores.
Ser filha! Agradeçamos a honra de termos mães
(ainda que em outro plano).
Agradeçamos a Deus esse tesouro a quem Ele nos confiou,
neste temporário exílio terreno, distante das estrelas,
longe da pátria verdadeira.

REFLEXÕES DO "MOMENTO ESPÍRITA"...
que traduziu muito bem toda minha saudade e amor pela minha MÃE.
Beijos
Fatinha

terça-feira, 8 de maio de 2012


segunda-feira, 7 de maio de 2012