Cidade de Vassouras

1

Coleção Primavera/Verão - 2009 - Gelsomina - Siena - Itália


.......

150

150

sábado, 14 de abril de 2012

O Valor do Perdão!

"Todos nós cometemos erros na vida. As vezes temos atitudes achando que são as corretas e no fundo são ações erradas, outras vezes achamos que outras pessoas tiveram determinadas posturas que diante dos nossos olhos foram erradas e nos levaram a um determinado tipo de reação.

Reações são sempre impulsivas, muitas vezes impensadas, sempre tomadas no calor da raiva, do descontentamento e as vezes acabamos magoando pais, filhos, amigos, namorados, cônjuges enfim as pessoas que nos são caras na vida.

Isto acontece porque somos humanos e como humanos, mas dotados de bom senso, temos que parar, refletir, analisar e pesarmos as nossas atitudes.

Cada ser deve ter a consciência dos seus atos e ser suficientemente humilde para se auto questionar: Agi corretamente? A minha atitude foi correta? Será que eu poderia ter feito a mesma coisa porém de outra forma? Será que eu poderia ter dito a mesma coisa porém de outro jeito? Será que o(a) magoei? Será que o que ele(a) me disse ou escreveu representa a verdade ou traduz de fato um sentimento de intolerância?

E o sentimento onde fica? O carinho onde fica? O amor onde está?

Existe um ditado em hebraico muito sábio que diz que conhecemos as pessoas de três formas: Kissó, Kossó, Kassó

Pelo copo, pelo bolso e pela zanga

Quando se excede na bebida, corre-se o risco de determinadas atitudes, a mesma coisa quando há o sentimento da zanga e da mesma forma quando há dinheiro envolvido.

Estes três fatores mostram bem as reações que cada individuo tem, porém muitas vezes podem ser reações pontuais e que não expressem o caráter e a personalidade da pessoa.

Aí entra o perdão. Este sim é a maior das nobrezas. Para que haja o perdão, tem-se, de antemão, que saber pedir o perdão e saber perdoar é algo divino, é algo que só pessoas muito próximas a Hashem têm o dom de conceder ao seu semelhante.

Se toda a humanidade tivesse este dom, quem sabe não estaríamos vivendo em um ambiente de paz, fraternidade e amor. A raiva, o ódio mexem com a nossa saúde, nos remoem por dentro, nos afligem. Por outro lado o perdão nos eleva, nos redime, nos faz sentirmos mais próximos ao Criador. "

Reflitam neste Shabat de Pessach o valor do perdão e se puderem perdoem.
Beijos
Fatinha

Nenhum comentário: